Destaques Entrevistas Fabíola Thiele Grêmio Opinião

“Sempre vou defender o manto”, conheça Alison Calegari – o zagueiro criado na base gremista:

Compartilhe

Criado nas categorias de base do Grêmio, Alison Calegari é um zagueiro de 19 anos que no momento está emprestado ao Esportivo com o intuito de adquirir mais experiência. O Grêmio o observa atentamente para que futuramente volte a defender as cores do imortal tricolor. Mais uma prova de que o futuro do Grêmio está na base. 

Em entrevista concedida ao Papo Copero, Calegari tentou definir em palavras qual é a sensação de defender as cores do Grêmio, não apenas por ser jogador, mas também por ser torcedor fanático desde pequeno.

“É uma sensação única defender as cores do Grêmio. Quando a gente faz gol, ganha um lance e a gente vibra é uma sensação única. Não sei se é porque eu sou gremista, mas cada lance é diferente” – contou.

Sabendo da raça que um jogador do Grêmio deve ter e o peso da camisa tricolor, o zagueiro gremista foi um dos destaques da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020, ficando entre os 11 da seleção da Copinha. A qualidade técnica de Calegari comprova que a sua inspiração é o zagueiro Geromel, como citou durante a entrevista:

“Teve um treino que eu fiz com o Geromel, nossa, era o meu ídolo do meu lado. Eu e ele era a dupla de zaga e ele me orientava, melhor dia da minha vida. Um cara simples e humilde, me tornei mais fã ainda” – falou Calegari.

Ainda, o zagueiro criado na nossa base não nega o desejo de atuar na Europa para realizar o sonho de seu pai.

-“O meu pai tem o sonho de me ver jogar na Itália, mas claro bem mais frente. Como é o sonho dele eu quero dar essa resposta pra ele” – contou ao Papo Copero. Mesmo assim, não deixou de reforçar que sonha em atuar pelo time de Renato Portaluppi para ter a oportunidade de conquistar um título de expressão pelo seu time do coração.

-“É um sonho meu chegar no profissional do Grêmio. De mim a torcida pode esperar um jogador que nunca vai deixar de correr dentro de campo, não vou deixar de fazer o que fiz na base, de correr, disputar todas as bolas… Sempre vou defender o manto” – finalizou.

Ouça a entrevista completa clicando aqui.

Texto escrito por: Fabíola Thiele. 

Divulgação: Grêmio

Compartilhe

Você vai gostar disso