Destaques Grêmio

Grêmio pode vender goleiro da Seleção Olímpica para ajudar nas finanças

Compartilhe

Após vários registros de superávit, a tendência é que o balanço financeiro do próximo trimestre não registre isso. O planejamento do Grêmio é arrecadar R$ 88 milhões com transferências nesta temporada. Por conta do coronavírus, o Grêmio tem deixado de receber uma boa grana e vender jogadores é uma das soluções para manter o clube no azul.

Nomes como Everton, Matheus Henrique e Pepê seguidamente aparece na mídia internacional. Sondagens chegam a todo instante, mas o Grêmio avisa que não os venderá por qualquer valor e que até o momento não chegou nenhuma proposta oficial.

Surge então outro nome, Phelipe Megiolaro. Goleiro da Seleção Brasileira que disputou o Pré-Olímpico início deste ano, recebeu sondagens da Europa. A preferencia Tricolor é de empréstimo com opção de compra, mas o clube não descarta vender o atleta de 21 anos.

Atualmente Megiolaro é a quinta opção para goleiro. Vanderlei, Paulo Victor, Julio Cesar e Brenno estão a sua frente. Ano passado, pelo Brasileirão, foi titular na derrota diante do Fortaleza, no Ceará. Já foi até convocado por Tite, para Seleção Principal, para um período de treinamentos.

Recentemente o Grêmio renovou seu contrato até o final de 2022. O Grêmio possui 70% dos direitos econômicos dele e a multa rescisória é de 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 290 milhões).

Texto de Lucas Goulart (Twitter)

Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Compartilhe

Você vai gostar disso