Destaques Grêmio Opinião

Flamengo deu asa pra cobra

Coluna de Lucas Prestes
Compartilhe

Analisando o jogo de ontem entre Grêmio 1 x 1 Flamengo, podemos tirar de lição os seguintes pontos:

Pontos positivos:

– Bruno Cortez fez, disparadamente, a melhor partida da carreira dele ontem, marcou, correu, apoiou muito tanto como ofensivamente como defensivamente.

– Apesar do resultado não ser o que esperávamos, um ponto positivo apareceu nisso tudo, e foi Luan. Que aos poucos vai retomando o seu bom futebol, que no primeiro tempo foi um dos que tentou organizar o time do Grêmio, com passes, dribles e a sua vontade em campo era nítida.

– O Grêmio sentiu, de forma nitída, a falta do capitão Maicon, querendo ou não, ele é o cérebro da equipe. O capita precisou de apenas 5 minutos para colocar o Grêmio novamente na disputa, ofereceu mais dinâmica ao time dando um belo passe para o Everton Cebolinha concluir um chute cruzado para o Pepê desviar para o gol. A entrada do Maicon trouxe uma cadência que o Grêmio não tinha achado durante boa parte do jogo. É claro que ele não pode jogar um jogo inteiro, mas a entrada dele ainda é fundamental.

– Kannemann se empenhou muito na partida, quando a vontade do castelhano chega ao nível absurdo, ele quer marcar todo o time adversário, isso custou caro ontem, na origem do gol do Bruno Henrique, o argentino demorou pra voltar a compor a defesa, mas fora isso, ficamos bem representados com o Kannemann de capitão do time, isso fez com que facilitasse seu diálogo com o Nelson Pitana, árbitro argentino.

– Pepê fez o gol decisivo que manteve o Grêmio VIVO em busca do TETRA, muitos criticaram o menino nas redes sociais após eliminação na Copa do Brasil, mas por ser um jogador jovem, ele ainda está aprendendo e alguma ou outra vez sempre vai oscilar, isso é normal. Mas temos que admitir que a entrada do Pepê no segundo tempo foi fundamental para construir um contra-ataque, Renato é gênio…

Pontos negativos:

– O Flamengo jogou em cima das costas do Rafael Galhardo, pois sabe da deficiência tática do nosso lateral, não tem condições de fardar nem no meu time de várzea do bairro.

– Paulo Victor mais uma vez se mostrou inseguro e nitidamente nervoso, goleiro tem que ser calculista e frio, precisa treinar mais seu emocional, isso está lhe atrapalhando nos momentos decisivos, por sua sorte, o VAR existe.

Enfim, o Grêmio jogou sem 4 titulares absolutos contra um Flamengo completinho e voando. Fizemos o que deu. Agora é recuperar o Geromel e o Maicon e tentarmos a classificação lá no Maracanã, podemos sim fazer história, aliás, 1997 manda lembranças.

Flamengo deu asa pra cobra, devia ter feito uns 3 aqui em Porto Alegre se quisesse liquidar. O Grêmio é traiçoeiro, o Palmeiras que o diga. Nunca duvidem do Grêmio. Obrigado, de nada!

Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Compartilhe

Você vai gostar disso