Destaques Grêmio Nicolas Felippetti Opinião

Como deve ficar o Grêmio em 2020 após o Coronavírus

Compartilhe

Como todos nós sabemos o Grêmio começou o ano trazendo contratações pontuais, trouxe Victor Ferraz e Orejuela para a lateral-direita, Vanderlei para o gol, Lucas Silva para a volância, Caio Henrique para a Lateral-Esquerda, Thiago Neves para a meiuca e Diego Souza para o ataque.

Enquanto isso, se livrou de de alguns nomes contestados pela torcida, como Rafael Galhardo, Juninho Capixaba e principalmente do salário milionário de Diego Tardelli.

Porém nem tudo começou mil maravilhas, com o começo dos campeonatos veio também os resultados adversos. No primeiro jogo da equipe titular na estreia do Gauchão veio o 2×0 adverso, a favor do Caxias dentro da Arena. Após isso veio 3 resultados positivos, e o terceiro inclusive com goleada dentro da Arena, 5×0 contra o Esportivo, com direito a gol na estreia de Diego Souza, e um futebol bem apresentado pelo Grêmio. Depois disso acabamos perdendo por 2×1 para o Aimoré fazendo um péssimo jogo. Vida que segue, passamos de fase e estamos na semifinal do Gauchão, contra o maior rival, entramos na casa deles e mostramos ser superiores, 1×0 com gol no final do jogo, de Diego Souza, e 2 gols anulados por impedimento.

Chegamos na final do Gauchão e pegamos o Caxias, dentro da casa deles no Centenário. Grêmio favorito? Sim, mas isso não foi provado dentro de campo, jogamos mal e merecemos perder, desperdiçamos a chance de pode poupar jogadores no Segundo Turno do Gauchão.

Começa o Segundo Turno com time misto para a estreia da Libertadores e fazemos um jogo convivente para ganhar por 3×0, mas não para se empolgar.

Já na estreia da Libertadores, fomos a Colômbia e vencemos bem, por 2×0, com gols de Victor Ferraz e Matheus Henrique, não foi aquelas partidas brilhantes que vimos o Grêmio jogar em 2017 e 2018, mas foi uma partida suficiente para mostrar o lado positivo das contratações de 2020, Victor Ferraz marcando gol, Diego aparecendo para o jogo, Lucas Silva sendo o cão de guarda no meio.

Depois pegamos um Pelotas com time reserva e ganhamos com gol de Pepê, para mostrar para o Renato qu ele está ali e pode ser usado a qualquer momento. Lá vem o GREnal das Américas…

Chegou o tão esperado momento, o primeiro GREnal da História da Libertadores, o jogo de maior audiência do Facebook. Com toda certeza já se era esperado, um jogo pegado e brigado. Arena lotada, mas o torcedor também esperava a vitória tricolor, o que não veio, foi um jogo muito mais difícil do que imaginávamos e com chances claras para os dois lados, vimos falhas individuais e coletivas e vários pontos que precisam ser melhorados, não entrando na parte da briga, mas falando sobre, parece que o lado de lá entrou muito mais com sangue que o lado gremista, que só vimos Paulo Miranda e Luciano honrando as cores.

Após isso veio Grêmio x São Luiz, o jogo de portões fechados e do início do Covid-19 e dos problemas econômicos gerados mundialmente pelo vírus. Falando de Grêmio, que jogo difícil e que virada em bom momento, com Diego Souza aparecendo de novo.

Temos muito o que melhorar quando a bola voltar a rolar, ajustar peças e condicionamento físico é o primeiro passo a ser dado, não podemos jogar com 3 volantes e sem um meia armador.

Temos que mudar algumas coisas defensivamente e a marcação é o principal fator para não tomar mais gols, além disso é preciso começar a usar alguns jogadores que estão pedindo passagem.

Chega de discurso conformista e de passar pano, os resultados não estão vindo e atitudes precisam ser tomadas para almejamos mais títulos.

Mas continuamos confiando no Mestre dos Magos e no Renato para o decorrer da temporada.

Feito por: Nicolas Sperb Felippetti

Divulgação | Lucas Uebel

Compartilhe

Você vai gostar disso